Posted tagged ‘Dilma’

Vira e mexe fede mais!

09/10/2016

Todos sabem que Palocci, ex-ministro da fazenda de Lula e da Casa Civil de Dilma, tem segredos! Dedurado por Odebrecht, Palocci ganhou do Moro um convite pra ficar mais algum tempo em Curitiba. Em poucos dias os valores negociados pela Projeto Consultoria, empresa do genial petista, saltaram de uma ou duas centenas de milhões de REAIS para 348 milhões de DÓLARES! Confrontado com esse desnudamento contábil, o assessor, Kontic, também preso na operação, tentou o suicídio na cela da PF. E nós aqui tentando entender, ao câmbio de hoje, sempre arredondando as merrecas pra baixo, o que significa 1 bilhão e cento e vinte milhões de reais. Você, em 72 ANOS, ganhando um milhão e trezentos mil reais mensais, pode chegar perto, se nunca gastar um centavo! Barbada!
Palocci deve ser mais espremidinho! Pode até, entre um milhão e outro, aparecer uma linha qualquer amarrando Lula ao Celso Daniel. Vá saber!

Pedalada

16/04/2016

Todos já entenderam que pedalada é uma forma macia de apelidar uma colossal maquiagem contábil. Hoje uma pedalada pode ser traduzida como desemprego para 10 milhões de humilhados e inadimplência para 30 milhões de indignados .

FHC pedalou 2 bilhões e Lula 19,5 bilhões. Ou seja: os dois, juntos, pedalaram 21,5 bilhões em 16 anos de governo. Uma média de 1,3 bilhões por ano. Dilma pedalou, sozinha, em 5 anos, 179,4 bilhões. Uma média de 35,8 bilhões por ano.

Comparando o tamanho dos pecados (1,3 por ano e 35,8 por ano), dá para entender essa questão do golpe-impeachment como resultado da goleada que Dilma aplicou em FHC e Lula.

Vamos arredondar o placar para VINTE SETE a UM.

Isso que é saber pedalar! Uma proeza digna da Pátria do “Nunca Antes Na História Desse País”. Uma conta que a próxima geração talvez consiga pagar. Realmente não há crime de responsabilidade, pois não podemos responsabilizar uma irresponsável.

Não é necessário o aprofundamento jurídico sobre a conceituação do mal feito como criminalidade ou não. Todos sabemos que as razões políticas já são suficientemente fortes. Isso se democracia é um sistema focado nas necessidades do povo…

Não-vai-ter-golpeee!

22/03/2016

Ouvimos tanto o slogan “Não-vai-ter-golpeee” que muitos podem pensar: “Será que estamos sendo injustos?” “Não será golpe, afinal!” Percebemos, na opinião pública, a enorme dificuldade para distinguir um impeachment de um golpe de Estado. Veja os artigos 85 e 86 da Constituição e viaje pelas definições jurídicas. Golpe de estado é a deposição repentina de um governo legítimo, contrariando a normalidade da lei, passando o controle do Estado para outros, que não haviam sido legalmente designados. Acontece quando um grupo político renega as vias institucionais e, para desalojar um governo e chegar ao poder, apela para métodos escusos ou emprega a violência. O impeachment (lei 1079/50), ao contrário, é um procedimento lícito previsto na Constituição. É um processo que se instaura no Congresso para apurar denúncias contra qualquer mandatário. Se forem comprovados crimes de responsabilidade (corrupção, improbidade administrativa), a autoridade do Poder Executivo é destituída. Está presente nas democracias modernas e é exercido quando chefes de Estado não honram seus mandatos, cometem abusos de poder, violam a Constituição e, comprovadamente, se envolvem em ilicitudes. O processo só é instaurado se existirem motivos legais que o justifiquem. Sendo iniciado necessita da aprovação de 66% dos representantes eleitos pela população para evoluir e, a partir daí, envolvendo os poderes legislativo e judiciário, obedece a uma longa série de eventos legais. Depois, acontecendo o impeachment, assume o vice que foi eleito, na mesma chapa, no mesmo processo eleitoral que elegeu o presidente destituído. Portanto pode não acontecer, mas se acontecer não é golpe.

O slogan diz a verdade. Não vai ter golpe, afinal!

Fora Lava-Jato? Viva a corrupção?

20/03/2016

Todos queremos medidas drásticas contra a corrupção que nos rouba e debocha de nossa indignação. Há dois anos surgiu a Lava-Jato. Ainda não atingiu todos os cantos e todos os partidos, mas recuperou 3 bilhões dos 21 roubados no Petrolão. Só é possível pedir que bancos do exterior devolvam bilhões se eles existirem e se foram ilicitamente desviados. Só é possível roubos de tal magnitude se grandes ladrões os arquitetaram. Só é possível levar adiante uma operação policial desse porte se existirem pessoas com coragem para enfrentar ladrões capazes de roubar bilhões. Eu não tenho nenhum ladrão de estimação. Por mim podem ir todos para a cadeia, de Lula a Aécio. Dilma é politicamente incapaz, mas se estiver limpa e o caos econômico for do agrado da população, mesmo não concordando com essa estupidez, somos obrigados a aceitar mais três anos de paralisia gerencial. Agora ouvimos nas ruas gritos de “Fora Moro” e “Fora Lava-Jato”. Por quê? A quem interessa a permanência da corrupção?

O mistério do ministério da propaganda

25/02/2016

João Santana, informal “ministro da propaganda” de Lula e Dilma, recebeu oficialmente 150 milhões do PT em 8 anos. (Especula-se sobre a origem de outros 30 milhões, aqui já embutindo maldades coxinhas, pois o João também ganhou uns trocados de Chaves e de outros bolivarianos menores.) Os 150 podem nos parecer muito, mas são menos do que 25% das doações, naquelas ficções contábeis que “aconteceram estritamente dentro da legalidade e foram posteriormente declaradas à Justiça”. (Lula 39,3 milhões, e Dilma 282 e 318.) O João deve ser muito bom! Nós, pequenos e mergulhados nesse mar de probleminhas pessoais, não entendemos nada da escala de valores usada nas grandes rodas! A presidência é um negócio tão lucrativo que qualquer valor investido tem retorno garantido… e há quem malde!

A herança do PT!

03/02/2016

Em 10/02/16 o PT completa 36 anos. Nesse período alcançou números impressionantes e foi protagonista de fatos importantes em nossa história recente: Tem a maior bancada do Congresso e conquistou quatro mandatos presidenciais… Gerou o maior rombo econômico da história… E uma decepção imensurável, para quem acreditou que essa força nova poderia redimir moralmente a nação… Criou o pensamento mágico de que é possível respirar o poder sem saber de nada… Prometeu salvar o país e se aliou aos ladrões, afogando, de forma fantástica, a nossa esperança em encontrar gestores públicos confiáveis… Enfim, jogou o P e o T na velha e azeda sopa de letrinhas da canalhice da política nacional… É uma herança e tanto!

E eu votei 5 vezes no PT! Duas para vereador, uma para prefeito e duas vezes para presidente! Duas vezes no Lula…!!! Que Deus me perdoe!

Qual é o significado de golpe?

16/12/2015

Quando contarem a história para os nossos bisnetos, será difícil explicar o significado de GOLPE. GOLPE é essa canetada do Fachin, alegando que precisa dar mais uma olhadinha no processo pra ver se ele segue as regras do esoterismo juridiquês? GOLPE é, num timing perfeito, uma carta pessoal de Temer, circulando num ambiente totalmente impessoal, rompendo o namoro de décadas e sinalizando a articulação de um governo paralelo na coxia? GOLPE é o início do processo de “impíxima” através de Eduardo Cunha, no transborde da chantagem compartilhada entendida como ato de governar? GOLPE é mentir nas eleições sobre a contabilidade do país, cobrindo programas sociais com dinheiro inexistente, fechar as contas com um déficit bilionário e mandar a conta pra nós? Ou será que ainda vão dizer que GOLPE é a somatória dos votos equivocados que permite a eleição de incompetentes e desonestos?
Está ficando cada vez mais difícil escrever livros de história.