A verdade sobre o encontro de Lula, Jobim e Mendes.

A matemática é linda. Nela se baseiam a lógica, a mecânica universal, e sua prima divagante: a filosofia. Para nós, simples mortais e amnésicos patrões no contexto democrático, a matemática é oracular. Podemos concluir (e me contradiga quem quiser) que:

1º) SE Lula, Jobim e Mendes comungassem o mesmo posicionamento sobre o  assunto (fosse ele qual fosse) de 26 de abril, ele morreria lá, e nós nunca saberíamos de nada.

2º) Como houve vazamento eles NÃO falam a mesma língua, embora pertençam, cada um a sua moda, à mesma corporação.

3º) A pressão que um dos lados sofre É maior que sua capacidade de ser administrativamente coerente (e quando falo de coerência falo sobre a necessidade de manter sigilo, mesmo que os enganados sejamos nós (para o nosso próprio bem, como diria minha avó!)).

4º) O assunto (fosse ele qual fosse) É sobre algo que nos diz respeito (mesmo que alguém jure sobre o túmulo da mãezinha que o tamanho da propina na compra da latrina seja só pra gente fina!)

5º) Entre Lula, Jobim, e Mendes nós TEMOS um ou dois mentirosos, embora eu esteja sendo condescendente em nome da matemática.

6º) E que nós NÃO ficaremos sabendo, realmente, a verdade sobre o assunto (fosse ele qual fosse).

Considerando o quilate dos protagonistas, não me permito pensar que esses indivíduos sejam de má índole, gatunos, interessados no próprio bolso. Não penso dessa forma, e até alimento uma sincera simpatia por dois deles. Posso conjecturar que nas tratativas ocultas eles se deixem levar pela vaidade ou pela soberba do poder, pecados perdoáveis no Olimpo, quando confabulam sobre a logística política num país desse tamanho. Mas o cheiro que nos chega, e esse nós não perceberíamos  se fôssemos anósmicos, é de que os grandes julgamentos das bilionárias rapinagens nacionais podem estar sendo consideradas picuinhas divertidas, adiáveis, que podem ser roladas como jogos que distraem a massa democrática, e que com o passar do tempo, e para o bem da corporação (artigo primeiro da verdadeira constituição), algumas blindagens devem ser obtidas a qualquer custo. Mesmo correndo riscos idiotas. E é ISSO o que nos assusta.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Listas, Política, Realidade

Tags: , , , , , , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: