(7)Pierre, meu alienígena de estimação (partes 17 a 18 de 101)

(Para saber como começou clique aqui!)

017

Pierre estava folheando com muita atenção uma revista sobre animais de estimação. “Observei que vocês não têm nenhum animal em casa, um cão, um gato, uma iguana, entre tantos, e isso parece ser um costume bastante disseminado em sua espécie. Não têm por quê?” Quis saber Pierre.

Fiz uma pausa no livro que eu estava lendo e respondi:

“Porque nós já temos um alien!”

Ele arregalou os olhos. Estava surpreso.

“É uma piada!” Achei bom acrescentar.

Ele disse: “Humm!” E levantou os cantos da boca e depois ficou em silêncio.

Senti uma ponta de culpa por ter passado a idéia de que ele estava sendo associado a um animal de estimação e resolvi perguntar:

“Por quê? Você gostaria de ter um?”

Ele prontamente respondeu: “Não! Eu já tenho você!” 

018

“Um aspecto do planeta de vocês que me fascina é a quantidade de água!” Pierre disse após sair do banho. “O nosso tem uma grande carência desse líquido tão essencial à vida.”

“Aos seus olhos…” Disse minha esposa. “… nós devemos parecer uns grandes desperdiçadores!”

“No princípio cheguei a pensar dessa forma.” Confessou Pierre. “Mas quando me interei da quantidade de água que vocês observam na natureza compreendi que é difícil para os humanos entenderem a necessidade de poupá-la.”

“Sabemos que a proporção de água potável é mínima quando comparada com a dos oceanos, mas há equipamentos capazes de tirar o sal da água do mar para aproveitá-la para uso humano.” Me intrometi.

“A água deve ser pensada para uso do planeta e não dos humanos.” Corrigiu Pierre. “Numa glaciação a água salgada, por ter um ponto de congelamento mais baixo, pode continuar fluindo e manter a vida nos mares. As sementes das plantas podem adormecer sob o gelo. Mas a água para uso dos homens, dos animais, e das plantas necessárias para a sobrevivência deles, ficará restrita a uma estreita faixa.”

Nós nos olhamos, eu e minha esposa. E Pierre completou:

“Nas vezes anteriores vocês não tinham uma civilização industrial… na próxima glaciação pode faltar!” 

(Para saber como continua clique aqui!)

Anúncios
Explore posts in the same categories: Contos, Pierre, o alien.

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

5 Comentários em “(7)Pierre, meu alienígena de estimação (partes 17 a 18 de 101)”

  1. Li Says:

    Eu amo os bichos,como poderia ter um feito prisioneiro?Ainda que fosse por amor?
    O amor é livre.
    Se eu tivesse uma casa …eles poderiam viver soltos….um cão pequeno ou um gato.
    Mas vivendo em apto,nem pensar.
    Odeio zoológicos.

  2. Li Says:

    rsrsrsrsrs
    Sim,mas morrendo de medo que descobrissem.

  3. Li Says:

    Imagine…..como eu poderia defender o pobre ?

    Escondendo ele bebaixo da cama?

    Vestindo-o com uma burca?

    Infeliz de quem tenha a idéia louca de nos visitar,se for pacífico….. não quero nem pensar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: