Em nome do Senhor!

Entrei num daqueles “lugares” na internet onde são feitos os comentários sobre uma notícia qualquer. Fiquei impressionado com a necessidade catequizadora da grande maioria dos participantes. Na verdade há um grupo formado por aqueles que achincalham sistematicamente. Não estão nem aí pro conteúdo da notícia. Eles querem é zoar. E há aquele outro grupo gigantesco, a que me referi no início, que prega sem medidas a “palavra do senhor”. Lembro dos tempos em que eu era evangelizado. Uma das coisas que me diziam era que não se devia usar o nome de deus em vão. Não que ele, existindo, se importasse com a retórica usada nessas picuinhas. Mas cá entre nós! Não lhes parece que fé goela abaixo é algo no mínimo incômodo? Não lhes parece que o púlpito em qualquer lugar e a qualquer custo, nem que seja numa privada, perde a elegância e a eficácia? Não lhes parece que aquele que reza demais pode passar do céu?

Anúncios
Explore posts in the same categories: Realidade, Religião

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “Em nome do Senhor!”

  1. Franci23 Says:

    Não sou do tipo mais evangelizado, para ser sincera não sou nem um pouco… Mas sinceramente acho que a pessoa que usa desses subterfúgios pra evangelizar ou tentar o mesmo é que não tem muito o que fazer e nem muita opinião própria.

    • romacof Says:

      Caro Franci23! Graças às contradições históricas e aos posicionamentos modernos pouco agregadores, como planejamento familiar sem pílula, prevenção da AIDS sem camisinha, medicina de ponta sem pesquisa de células-tronco, e por aí vai, a igreja católica perdeu espaço no ocidente para os que se auto-intitulam evangélicos. Todas são derivações luteranas interpretadas de forma diferente aqui e ali, esquecidas de que nasceram do mesmo protesto, válido por sinal, e que proliferaram não em busca da fé, mas daquilo que negaram em suas origens e li postado de forma hilária e sintética no “Tudo Preto no Branco”.
      Acredito que o meu caminho sirva a mim e a mais ninguém, e o caminho dos outros serve aos outros. Não tenho a pretensão de converter ninguém e não acredito que alguém possa me converter. Se no meu caminho há algum fator espiritual isto é uma questão minha. Se expresso ocasionalmente as características do meu caminho é em resposta às perguntas de alguém. Mas não posso concordar quando vejo fé ser empurrada pelos buracos de uma pessoa na porrada. Isto é quase uma tentativa de estupro.

  2. ( Li ) Says:

    Acredito que o meu caminho sirva a mim e a mais ninguém, e o caminho dos outros serve aos outros. Não tenho a pretensão de converter ninguém e não acredito que alguém possa me converter. Se no meu caminho há algum fator espiritual isto é uma questão minha. Se expresso ocasionalmente as características do meu caminho é em resposta às perguntas de alguém. Mas não posso concordar quando vejo fé ser empurrada pelos buracos de uma pessoa na porrada. Isto é quase uma tentativa de estupro.

    Li: Eu não teria dito melhor…..perfeito!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: