O porquê dos porquês.

Sempre me assalta a dúvida dos porquês em nossa língua.

Por que há tanto porquê?

Porque o falado e o ouvido são indistinguíveis! 

Por quê?

Anúncios
Explore posts in the same categories: Poeminhas

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “O porquê dos porquês.”

    • romacof Says:

      Agora fiquei na dúvida! Você disse “porque sim!” como quem diz “pois sim!”? ou quis dizer “Por que sim!” como quem diz “É assim por que é assim, e pronto!”?

  1. ( Li ) Says:

    Um textículo ótimo….para uma profunda reflexão.
    Vou pensar nisso!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: