O dia em que o Hubble quase caiu!

No dia 24 de abril deste ano o Hubble completou 20 anos dando uma de piorra ao redor do nosso planeta. Então, depois de 7300 dias fazendo fashion books das estrelas, pediram para que ele virasse um pouquinho pra cá e tirasse uma foto desse  nosso mundinho plebeu. E, após quase quatro meses analisando a foto, os cientistas ficaram estupefatos! Descobriram que o nosso mundo havia se partido em três mundos.

Nós vivemos no mundo do meio. A maioria. E isto não depende de cor, credo, estado sócio-econômico ou cultural. Nós somos a massa que movimenta o mundo. Os seguidores de regras. Os indignados e os amorfos. Os roubados.

Há o mundo de cima e o mundo de baixo. Estes dois mundos não seguem regras pré-determinadas. Os de cima geralmente fazem as leis que nós seguimos. Eles se auto definem como aqueles que movimentam o mundo. E os do nosso mundo aplaudem.  Quando os do mundo de cima se misturam com os do nosso mundo você não nota nítidas diferenças entre os elementos de um e do outro mundo. Mas os do mundo de cima são bem remunerados, ocupam cargos na elite dos mundos em geral, são elegantes e pomposos, usam gravatas e roupas finas, têm inumeráveis assessores, e viajam muito entre os mundos. Eles também interagem com o mundo de baixo, mas essa já é outra história. Um detalhe que é do conhecimento de todos os do nosso mundo, mas que a maioria faz de conta que não sabe, é o fato de que os políticos do mundo de cima são pagos por nós. Em tese são nossos empregados. Todos eles sem exceção. Há os que ocupam posições por mérito, ou por um processo chamado eletivo, ou por métodos que não têm um nome definido mas vários apelidos, tais como nepotismo, apadrinhamento, uso de laranjas, cargos de confiança, e caixinha de pênis. Coisas do entrelaçamento entre os mundos. No mundo de cima encontramos também os pavões do entretenimento, que geralmente nasceram no mundo do meio, ou até no de baixo, mas que ganharam um rabo colorido graças à sorte, ou aos patrocínios que hiper-valorizaram alguma de suas habilidades. Mas isto também já é outra história.   

Os do mundo de baixo, de forma semelhante aos do mundo de cima, fazem as suas próprias regras.  Eles, em princípio, não obrigam os outros mundos a seguí-las, mas, os do mundo de baixo são mais incisivos quando querem alguma coisa, e eles estão pouco se fudendo se um indivíduo de outro mundo não está gostando de seus métodos. As pessoas que pertencem ao mundo de baixo fazem questão de não alardearem que são daquele mundo, e isso lhes é muito útil quando planejam interagir com os outros dois mundos. Quando o mundo de baixo tira algo do mundo do meio, o nosso, isto se chama roubo. Quando o mundo de cima tira algo do mundo do meio a isto se chama cobrança de impostos. A parte do imposto cobrado que não retorna como uma aplicação administrativa ao mundo do meio, e só Deus sabe pra onde vai, também se chama roubo, mas isto já é uma terceira história.

A explicação dos cientistas para o fenômeno é a seguinte: quando Deus fez o mundo ele era inteiro.  Um dia um anjo que fazia a faxina deixou o mundo cair e ele rachou. Aí Deus disse: “Putz! Não dá pra colar. Que cada um escolha o mundo onde quiser morar e seja o que o diabo aprontar.” E assim se fez!

Anúncios
Explore posts in the same categories: Contos, Piadas

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

2 Comentários em “O dia em que o Hubble quase caiu!”

  1. Monica Says:

    É aquela metáfora que um amigo me ensinou: a vida é como uma árvore cheia de macaquinhos subindo nela. Quem está lá no alto, olha pra baixo e vê um monte de carinhas sorridentes olhando pra cima. Quem está embaixo e olha pra cima, só vê c*!!! 😛


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: