Circo Brasil, onde os palhaços somos nós.

Há momentos em que é difícil decidir se é pra rir ou pra chorar.

Pinte a cara, chore por baixo e faça o público rir…

Porque o espetáculo não pode parar.

Se você leitor ocasional está na pior, desempregado ou ganha menos que R$ 720,00 mensais, passando necessidades, não sabe o que fazer para alimentar sua mulher e filho, ou comprar o medicamento que lhe deu aquele engasgo do “me mato ou fujo”, seus problemas acabaram. O Circo Brasil pode resolver este drama num simples e prático piscar de olhos.  Pegue uma arma e mate alguém. Preferencialmente na frente de um policial para que haja um flagrante incontestável. Largue rapidamente a arma, para não levar um tiro, e se deite de bruços no chão com as mãos na nuca. Pronto. Você se transfou instantaneamente num presidiário, e sua esposa, seguindo OS TRÂMITES LEGAIS, conseguirá um auxílio-reclusão, assegurado por lei, que hoje pode valer até R$ 798,30. O remédio do filho será comprado, o arroz e o feijão abundarão, e isto continuará a valer enquanto você estiver preso. De acordo com o Boletim Estatístico da Previdência Social (Beps), o INSS pagou 26.490 benefícios de auxílio-reclusão na folha de janeiro de 2010, em um total de R$ 15.587.580,00. O valor médio do benefício por família, no período, foi de R$ 588,43. Os números não são muitíssimos maiores porque a maioria desconhece a lei que se refere a esta questão.

Esqueça aquele trabalho estafante, um salário mínimo ridículo, horas e horas num ônibus apertado e fedido, e aquele relógio ponto com que você sonha todas as noites. Sua família estará garantida. E não se preocupe com o seu próprio sustento, porque nós, os trabalhadores do brasil-varonil-céu-de-anil estamos aqui fora trabalhando para pagar em média R$1.500,00 mensais por presidiário. Cerca de R$ 4.800,00 para os que estão no regime de segurança máxima, mas, caia na real, você é um assassininho chinfrim. Também não vá pensando que se você tem oito filhos o governo vai sustentar toda a sua prole. Não. O benefício não é cumulativo. Estas situações xiquetérrimas só valem para os da alta esfera, como os juízes, que após serem afastados de suas nobres funções por corrupção são obrigados, compulsoriamente, a receberem uma aposentadoria de R$ 24.000,00 mensais, também paga por nós.

Você também ficou na dúvida se ria ou chorava? Você ficou se perguntando se há um auxílio equivalente para os dependentes da vítima, ou seja, da pessoa que você matou para ganhar o auxílio-reclusão? Você está pensando que estas notícias são falsas? Vá aos links abaixo e se instrua. Amanhã pode ser você.

E se você for um Sarney… bem, se você for um Sarney você já sabe disto e está rolando de rir.

http://www.sintese-se.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1848:preso-custa-r-1581-e-aluno-r-173-por-mes-ao-estado&catid=77:educacao

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1276476-5598,00-PRESO+NO+SISTEMA+FEDERAL+CUSTA+QUATRO+VEZES+MAIS+DO+QUE+NOS+ESTADOS.html

http://www.mpas.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

http://www.mpas.gov.br/conteudoDinamico.php?id=922

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20091015060740AAubEzQ

http://atirandoapedra.blogspot.com/2009/11/auxilio-reclusao-bolsa-presidiario.html

http://www.correadesouza.adv.br/Escritório%20de%20Advogados%20em%20São%20Paulo/auxilio-para-o-preso/

http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/reporterdecrime/posts/2010/02/22/auxilio-reclusao-ja-vale-ate-798-30-por-familia-268455.asp

http://www.e-familynet.com/phpbb/auxilio-recluso-salario-para-depend-vt361717.html

Anúncios
Explore posts in the same categories: Leis, Realidade

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “Circo Brasil, onde os palhaços somos nós.”

  1. Franci23 Says:

    Pior de tudo é que é verdade, mas não dá a ideia não pois pode acontecer de muito infeliz sair matando só para ganhar um salario sem fazer merda alguma, talvez ser estuprado na prisão mas tem alguns infelizs por aí que até curtiriam a idéia.

    • romacof Says:

      A idéia não foi dada por mim. Está na lei há muito tempo e tem o total apoio do governo. É o bolsa-prisão. Em contra partida não há o bolsa-vítima. Somando o custo do preso mais a média da bolsa cada presidiário nos custa 2 mil reias por mes. Se houvesse o trabalho-na prisão, por mais especializado que ele fosse, não pagaria os custos do preso. Um médico se aposenta com 35 anos de trabalho, pelo INSS, com 2500,00 em média, por mes. Você pode abater 2500,00 por ano, por dependente, com educação. Mas o abatimento de cirurgias plásticas, lipo-aspiração e aplicação de botox para tirar ruguinhas não têm limite. É mais negócio fazer plástica, ter uma bunda grande, ser presidiário, usar vestidinhos rosas, e claro, entrar na política, do que estudar e trabalhar. Estudo e trabalho é só para quem sustenta esta cambada de vagabundos do judiciário e do parlamento, que posam de grandes senhores togados e engravatados e nos causam o desserviço de matarem nossas referências. O que você pretende ensinar para o seu filho? Que o crime não compensa? Veja quanto deputado e senador corrupto há por aí. Veja quantos juízes sem critérios que legalmente escondem as trapaças e os desvios escancarados de dinheiro público. Claro que o crime compensa! Vejo isto todos os dias nos jornais e na televisão. A cidadania virou uma piada de mau gosto. Desafio qualquer juiz a me provar que estou errado. Eles podem até me colocarem na cadeia por chamá-los com todas as letras: os juízes são ladrões. Defendem o próprio umbigo. Sabem ler as leis conforme lhes interessa. Determinam o próprio ganho e premiam os seus pares corruptos. São parte do corporativismo. Mas eles sabem que não podem me tirar a razão. O povo está cego. Dois dos nossos poderes já apodreceram. O executivo é um ator coadjuvante nesta podridão toda. Se os brasileiros cruzassem os braços por 72 horas o país parava. O país anda pelas pernas dos brasileiros que trabalham. O país não anda pelas pernas do governo. Se assim fôsse já teríamos caído no abismo. Ô país rico! Com tanto ladrão ainda vai para a frente. Imagine o que aconteceria se eles parassem de roubar? Imagine o salto de qualidade que este país daria se o parlamento e o judiciário fossem demitidos por justa causa?


  2. Romacof… a idéia de garantir o sustento da família que perde o arrimo em função da reclusão é ótima!

    Será que preferiríamos que a família de um detento passasse a cometer crimes para se sustentar?

    O grande problema não é o auxílio previdenciário à família do detento, é a falta de auxílio decente às famílias que estão na miséria e não conseguem inserção no mercado de trabalho.

    Esta é, aliás, a grande sacada do governo Lula e a razão pela qual ele se reelegeu com facilidade e vai fazer a sucessora: mesmo cheio de problemas e com milhares de denúncias de corrupção, o programa bolsa-família promove algum auxílio para muitas destas famílias (e para muitas que não precisam, infelizmente).

    Viver num sistema capitalista tem disso: se o sujeito não tem competência para empreender e não consegue encontrar emprego, vai viver do quê? Só há três alternativas: mendigar, ser sustentado pelo Estado (ou por filantropia) e lançar-se no crime. Morrer de fome resignado no meio da rua é que ninguém vai.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: