Ovo choco!

Quando se quebra um ovo que foi chocado se presume que de dentro saia uma ave, ou no mínimo um ancestral réptil. O ovo do pagamento irregular dos 2 milhões e trezentos mil reais, durante sete anos, aos 27 funcionários da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, em sua maioria exonerados, aposentados, dispensados, ou devolvidos às suas atividades originais, foi quebrado em minúcias de centavos e tempo. A campeã “hors concur” foi Sueli Regina Coelho Klein que em 81 meses recebeu indevidamente R$ 706.744,44. O segundo colocado foi João Antonio Guimarães que em 93 meses recebeu R$ 501.646,91. Mas de dentro do ovo não saiu o pinto esperado! Explico:

Podemos até supor que pessoas extremamente distraídas e desligadas não percebam que bagatelas desta monta estejam caindo em suas contas bancárias. Ou que seus estados mentais os desqualifiquem como responsáveis parciais pelo dolo. Podemos até fazer elucubrações festivas de que isto tudo não passa de mais um engano e parte de uma nova teoria da conspiração.

Agora imagine a seguinte situação hipotética: você é a Sueli! Você chega no  banco e diz pro gerente: “Por favor! Bota na minha conta R$ 8.725,24 mensais por 81 meses.” Neste momento mágico o gerente fará a pergunta matadora, abrirá os olhos de milhares de pessoas ansiosas, desentupirá outros milhares de ouvidos ávidos, acenderá na mente de todas estas pessoas a curiosidade sobre a identidade do pinto que deve sair deste ovo; a pergunta que NÃO PODE calar: “Quem autoriza?”

Pronto! De uma simplicidade que só não é mais idiota do que o descaso e a desorganização!

E há quem vote!

Anúncios
Explore posts in the same categories: Leis, Política, Realidade

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

3 Comentários em “Ovo choco!”

  1. camargo Says:

    é inacreditável ainda ouvir as pessoas dizendo que o voto é a nossa única oportunidade de mudar a situação. Isso parece a venda de indulgênias. Quantos séculos se passatam para que os crédulos parassem de comprar? quanto tempo ainda os crédulos votarão, achando que com isso vão mudar alguma coisa?
    Eu não voto. Como está, eu não voto. Ou mesmo que mude (doce utopia), mas se o voto continuar obrigatório,não voto.

    • romacof Says:

      Quem faz propaganda do voto é o governo, como se ele fosse um produto indispensável. E é. É para o governo. É um produto propagado com o dinheiro que você paga, para ser usado a favor de indivíduos que você paga, para usarem o dinheiro que você paga como se fosse deles. Parlamento jamais! Lamento, parei!
      Organizem esta bandalheira que eu volto a brincar.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: